Preço da Eletricidade Mercado Iberico

As discussões relacionadas com a revolução do carro elétrico.
Avatar do Utilizador
rjspedition
Mensagens: 285
Registado: 11 jul 2021, 10:34
Data de fabrico: 01 jan 2011

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por rjspedition » 23 dez 2021, 20:25

Galp Electric:
Capturar.JPG
Capturar.JPG (32.59 KiB) Visto 1142 vezes

Avatar do Utilizador
Nonnus
Mensagens: 2465
Registado: 10 set 2017, 04:43
Data de fabrico: 01 jun 2017
Capacidade bateria: 83,14 Ah 12 Barras

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por Nonnus » 10 jan 2022, 16:27

Proprietário de Nissan Leaf 30KWh desde: 25 de Setembro de 2017
- 9 meses depois 15/06/2018 30000km
- 12 meses depois 25/09/2018 40000km
- 24 meses depois 25/09/2019 90000km

Avatar do Utilizador
rjspedition
Mensagens: 285
Registado: 11 jul 2021, 10:34
Data de fabrico: 01 jan 2011

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por rjspedition » 17 jan 2022, 18:10

Novo aumento no valor do kWh Galp Eléctric:
Capturar.JPG
Capturar.JPG (74.32 KiB) Visto 813 vezes


O email enviado a clientes:
Informamos que as tarifas GalpElectric em vigor serão atualizadas, de forma a refletir o apoio financeiro concedido pelo Fundo Ambiental sobre a tarifa da Entidade Gestora da Mobilidade Elétrica (EGME), bem como a atualização das tarifas de acesso às redes.



O Despacho nº 12854-H/2021, publicado em Diário da República a 30 de Dezembro de 2021, introduziu um financiamento concedido pelo Fundo Ambiental aos Comercializadores de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica para cobertura parcial da tarifa da Entidade Gestora da Mobilidade Elétrica (EGME) de 0,2614 €/carregamento.



No referido Despacho é retirado o apoio existente sobre as tarifas de acesso às redes que vigorou até 31 de Dezembro de 2021.



Com esta atualização, as tarifas standard GalpElectric antes de desconto, passam a ser 0,1890 €/kWh (período vazio) e 0,2394 €/kWh (período fora do vazio).

hdcr
Mensagens: 52
Registado: 25 mar 2021, 13:36
Data de fabrico: 29 set 2015
Capacidade bateria: 54.79 Ah - 11 barras
Localização: Espinho

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por hdcr » 17 jan 2022, 20:22

Imagem

Isto com regionalização e depois viamos onde é que estava o melhor do país...

Avatar do Utilizador
zeuz
Mensagens: 1056
Registado: 10 mar 2014, 02:40

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por zeuz » 18 jan 2022, 10:53

Não sei se este é o tópico adequado, mas aqui fica para vossa leitura:
O Preço da Eletricidade: Um Terror até 2032, Agravado com Hidrogénio
Surgiu agora o famoso Projeto do Hidrogénio baseado na eletrólise da água. E a receita é exatamente a mesma que o Governo Sócrates utilizou em 2005.
Em 2005 o Governo Sócrates decidiu que “os consumidores tinham que pagar o que fosse preciso” para se viabilizar a ideia absurda de se basear o Sistema Elétrico português em 6.000 MW de potências intermitentes, eólicas e solares.

Por isso concederam aos respetivos promotores FIT – Feed In Tariffs, dando-lhes a garantia absoluta de preços muito elevados, e além disso o privilégio de expulsar todos os concorrentes sempre que quisessem, e tudo isso pelo prazo de 15 anos!

O esquema foi promover estas tecnologias, na altura completamente imaturas, garantindo aos investidores que alinhassem rendas muito elevadas. E isto à custa dos consumidores que, devido ao circo mediático montado na altura, nem se aperceberam que ficavam amarrados por longos anos a um Sistema Elétrico desastroso .

Para os observadores atentos, era já óbvia na altura a completa irracionalidade de se basear o sistema elétrico em 6.000 MW de potências intermitentes, que é muito mais elevado que o consumo em vazio que é apenas de 3.900 MW .

Como a generalidade dos 600 MW das potências solares, com FIT vieram a arrancar em 2013, vamos continuar a pagar a loucura dos 380 Euros/MWh até 2028!

E relativamente aos 5.400 MW de Potências eólicas a 100 Euros/MWh, esse pesadelo foi entretanto prolongado, à nossa custa, até 2032!

E como entretanto os preços do petróleo e do Gás Natural desceram para 40 USD/barril, e os custos das novas tecnologias desenvolvidas depois de 2005 vieram a tornar a eletricidade solar e eólica muito mais barata, os consumidores portugueses estão agora a pagar na fatura da eletricidade um sobrecusto de cerca de 2.000 milhões de euros por ano, face ao atual preço de eletricidade em mercado de apenas 40 Euros/ MWh!

E estão obrigados a continuar a pagar este sobrecusto anual até 2032, prejudicando gravemente os orçamentos familiares e a competitividade das empresas de bens transacionáveis, que têm que fazer face à concorrência de países com energia muito mais barata do que nós .

O efeito negativo desta situação no conjunto da economia portuguesa tem sido brutal, e é uma das principais causas do marasmo económico nos últimos 15 anos, e do facto da generalidade dos países da Europa Central, e que pertenciam ao antigo bloco soviético, nos terem já ultrapassado em termos de PIB per capita .

Mas a desgraça infelizmente não acaba aqui.

Como as Centrais de backup, que cobrem as falhas das intermitências eólicas e solares, são obrigadas a ter um funcionamento completamente ineficiente, baseado num regime de pára/arranca, a respetiva exploração tornou-se economicamente inviável, desde que não tenham a proteção duma CAE ou dum CMEC.

Por isso a EDP quer agora fechar a sua Central de Sines, porque o respetivo CMEC terminou em 2019.

E por isso as Centrais do Pego e da Tapada do Outeiro também pretendem encerrar, quando os seus CAE terminarem em 2021 e em 2025, respetivamente.

Só que o Sistema Elétrico não pode funcionar sem ter potências de backup, ou seja de centrais que têm de funcionar para se garantir o fornecimento de eletricidade quando não houver sol ou vento, e assim evitar o risco de sucessivos “apagões”.

Uma solução óbvia para se ter o necessário backup seria, por um lado o reforço das Centrais a biomassa, que é renovável, que se pode armazenar e não é portanto intermitente, e promove a limpeza das nossas florestas, e por outro lado o reforço das interligações elétricas entre a França e a Peninsula Ibérica .

Em vez disso, surgiu agora o famoso Projeto do Hidrogénio baseado na eletrólise da água.

E a receita é exatamente a mesma que o Governo Sócrates utilizou em 2005:

monta-se um circo mediático para promover uma tecnologia ainda imatura, anunciando que “se vai salvar o planeta”;

os promotores que alinham ficam com a garantia de terem rentabilidades que tornem atrativos os investimentos que tenham que fazer;

os consumidores “são obrigados por lei a pagar o que for preciso para que isso aconteça”!...

E é infelizmente isto que estabelece a Resolução do Conselho de Ministros nº 63/2020, de 14 de Agosto, ao estabelecer “sete metas obrigatórias a cumprir até 2030”, e que incluem 2.500MW de eletrolisadores, 15% de hidrogénio na rede de gás natural e 5% no transporte rodoviário, com a instalação de 100 pontos de abastecimento para o efeito .

Ao leitor irá restar o privilégio de “pagar o que for preciso para que estas metas sejam cumpridas”, embora não se conheçam nem as tecnologias nem os custos que isso implica.

Em cima do terror a que já estávamos condenados até 2032, e do peso de 3.000 milhões de euros da Dívida Tarifária do Setor Elétrico, vamos agora ter também o hidrogénio às nossas costas.

Precisamos duma Democracia de Qualidade para evitar estas calamidades !



Professor catedrático do Instituto Superior Técnico

Subscritor do manifesto Por Uma Democracia de Qualidade
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (catalã) (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC (10/2017 - 04/2022)

Avatar do Utilizador
rnlcarlov
Mensagens: 2261
Registado: 16 jun 2015, 18:08
Data de fabrico: 04 mai 2011
Capacidade bateria: 41.1 Ah
Localização: Lisboa

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por rnlcarlov » 18 jan 2022, 11:37

Vê-se que esse artigo é de 2020, pois a realidade do mercado no último ano apenas veio provar que temos mesmo de transitar para o renovável o mais cedo possível. Rendimento garantido de 100€/MWh nas eólicas? Isso é para meninos, já que o preços nos últimos meses tem andado acima dos 200.
Por outro lado o fecho das centrais a carvão acabou por ser ditado pelas condições de mercado, pois as grandes emissões de CO2 destas centrais, para além do fator ambiental, são também economicamente desvantajosas quando o preço das licenças de emissão de CO2 está alto como agora.

Agora, perdem-me a expressão, "o que é que tem o cú a ver com as calças" quando ele diz que o governo apostou no projecto do hidrogénio em vez de reforçar interligações com Espanha e França?
Que eu saiba o reforço das ligações europeias está a ser feito, não sei se ao ritmo adequado mas alguma coisa está em curso. E os projetos de iniciativa pública do hidrogénio têm a ver com a substituição progressiva de gás natural por hidrogénio, não estão relacionadas nesta fase com ser "centrais de backup" para a rede elétrica. Já os de iniciativa privada pode ser outra história. E novamente aqui o tempo veio demonstrar que faz sentido apostar no hidrogénio para substituir o gás. Claro que vai ter custos de ser uma tecnologia muito verde (perdoem o trocadilho), mas estar refém do preço do gás também não está a fazer maravilhas pela nossa economia.

Avatar do Utilizador
zeuz
Mensagens: 1056
Registado: 10 mar 2014, 02:40

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por zeuz » 18 jan 2022, 12:41

rnlcarlov Escreveu:
18 jan 2022, 11:37
Vê-se que esse artigo é de 2020, pois a realidade do mercado no último ano apenas veio provar que temos mesmo de transitar para o renovável o mais cedo possível. Rendimento garantido de 100€/MWh nas eólicas? Isso é para meninos, já que o preços nos últimos meses tem andado acima dos 200.
Por outro lado o fecho das centrais a carvão acabou por ser ditado pelas condições de mercado, pois as grandes emissões de CO2 destas centrais, para além do fator ambiental, são também economicamente desvantajosas quando o preço das licenças de emissão de CO2 está alto como agora.

Agora, perdem-me a expressão, "o que é que tem o cú a ver com as calças" quando ele diz que o governo apostou no projecto do hidrogénio em vez de reforçar interligações com Espanha e França?
Que eu saiba o reforço das ligações europeias está a ser feito, não sei se ao ritmo adequado mas alguma coisa está em curso. E os projetos de iniciativa pública do hidrogénio têm a ver com a substituição progressiva de gás natural por hidrogénio, não estão relacionadas nesta fase com ser "centrais de backup" para a rede elétrica. Já os de iniciativa privada pode ser outra história. E novamente aqui o tempo veio demonstrar que faz sentido apostar no hidrogénio para substituir o gás. Claro que vai ter custos de ser uma tecnologia muito verde (perdoem o trocadilho), mas estar refém do preço do gás também não está a fazer maravilhas pela nossa economia.
Obrigado pela tua resposta! :handgestures-thumbupleft:

Pessoalmente acho que o comentário dele está enviesado pela sua ideologia política, mas não sendo eu versado no assunto...
Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (catalã) (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC (10/2017 - 04/2022)

Avatar do Utilizador
alexmol
Proprietário Tesla
Mensagens: 2330
Registado: 29 jan 2015, 22:10
Data de fabrico: 07 set 2019
Capacidade bateria: SR+ ~49kWh
Localização: Tavira
Contacto:

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por alexmol » 18 jan 2022, 14:25

rnlcarlov Escreveu:
18 jan 2022, 11:37
Vê-se que esse artigo é de 2020, pois a realidade do mercado no último ano apenas veio provar que temos mesmo de transitar para o renovável o mais cedo possível. Rendimento garantido de 100€/MWh nas eólicas? Isso é para meninos, já que o preços nos últimos meses tem andado acima dos 200.
100% de acordo!

Enquanto não tivermos regularmente grande excesso de produção renovável que não consigamos exportar não vale a pena pensar em hidrogénio verde.

O hidrogénio vai desempenhar um papel importante no futuro, mas não no papel que nos querem fazer acreditar.
Alexandre Moleiro

2019 Tesla Model 3 SR+
🧙🏻‍♂️Gandalf the White
Imagem
Imagem


2018 Kia Soul EV 30kWh
🌈ZX Spectrum
Imagem
Imagem

Avatar do Utilizador
alexmol
Proprietário Tesla
Mensagens: 2330
Registado: 29 jan 2015, 22:10
Data de fabrico: 07 set 2019
Capacidade bateria: SR+ ~49kWh
Localização: Tavira
Contacto:

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por alexmol » 08 fev 2022, 21:01

Mais um CEME a aumentar preços, tal como previsto. Era inevitável.

Desta vez é a Charge2GO.

A continuar assim ainda vamos ter que andar atentos às variações horárias da Miio.
Alexandre Moleiro

2019 Tesla Model 3 SR+
🧙🏻‍♂️Gandalf the White
Imagem
Imagem


2018 Kia Soul EV 30kWh
🌈ZX Spectrum
Imagem
Imagem

Avatar do Utilizador
zeuz
Mensagens: 1056
Registado: 10 mar 2014, 02:40

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por zeuz » 08 fev 2022, 21:39

Imagem Vectrix VX-1 Li+ '11 (catalã) (06/2014 - )
Imagem Opel Ampera 1.4i ECOTEC (10/2017 - 04/2022)

Responder

Voltar para “Negócios / Economia e Política”