Preço da Eletricidade Mercado Iberico

As discussões relacionadas com a revolução do carro elétrico.
Avatar do Utilizador
mjr
Administrador do site
Mensagens: 9758
Registado: 04 jan 2011, 15:55
Data de fabrico: 30 mai 2018
Capacidade bateria: 114.8 Ah 12 barras
Localização: Porto

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por mjr » 18 dez 2021, 09:20

…mas uma diferença que cria uma assimetria entre a rede pública e as redes privadas. Claro que o caminho será obrigar as redes privadas a pagar a TAR MT da ME…
Nissan Leaf 40 Tekna preto, entregue em 30 de maio de 2018. 40000km em 2022-03-06
Nissan LEAF mk1 Preto, entregue em 7 de julho de 2011. 171000 km em 2022-03-06.
Tesla Model 3 LR preto entregue em 2019-03-06. 73000km em 2022-03-06.
Sócio da associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, UVE: http://www.uve.pt

Avatar do Utilizador
BrunoAlves
Proprietário Ioniq EV
Mensagens: 6102
Registado: 30 abr 2016, 12:39
Data de fabrico: 16 jun 2014
Capacidade bateria: 57Ah
Localização: Mealhada

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por BrunoAlves » 18 dez 2021, 11:13

rnlcarlov Escreveu:
17 dez 2021, 21:51
Não deixa de ser curioso ver as TAR de MT a 0s na maioria dos horários e TAR negativa de 8 cêntimos em ponta
mjr Escreveu:
18 dez 2021, 09:20
Claro que o caminho será obrigar as redes privadas a pagar a TAR MT da ME…
Novamente prejudicando o utilizador :hand:

Edit: obviamente que quando os valores caminharem em sentido contrário isso também chegaria ao utilizador, mas pelo menos aí estaria o mercado a funcionar.
Se forem conduzir, não bebam. Se forem beber, chamem-me!!! :D

RJSC
Proprietário Leaf
Mensagens: 3451
Registado: 13 jan 2011, 20:27
Data de fabrico: 15 ago 2012
Capacidade bateria: 16kWh, 9 Barras
Localização: Aveiro

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por RJSC » 18 dez 2021, 12:32

mjr Escreveu:
18 dez 2021, 09:20
Claro que o caminho será obrigar as redes privadas a pagar a TAR MT da ME…
Mas como podem obrigar por exemplo, no caso do continente a que não possam ligar os carregadores no ponto de consumo do hipermercado ou outra qualquer instalação que não seja exclusiva para carregamento de VE?
Qualquer dia chegam ao ponto de tornar ilegal carregar um veículo a partir da instalação elétrica de casa.

Avatar do Utilizador
mjr
Administrador do site
Mensagens: 9758
Registado: 04 jan 2011, 15:55
Data de fabrico: 30 mai 2018
Capacidade bateria: 114.8 Ah 12 barras
Localização: Porto

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por mjr » 18 dez 2021, 16:37

Ainda não percebi como, pode ser necessário alterar o quadro legal. Mas deve estar na pipeline, tornando algo "justo" pelo lado errado (a meu ver).
Nissan Leaf 40 Tekna preto, entregue em 30 de maio de 2018. 40000km em 2022-03-06
Nissan LEAF mk1 Preto, entregue em 7 de julho de 2011. 171000 km em 2022-03-06.
Tesla Model 3 LR preto entregue em 2019-03-06. 73000km em 2022-03-06.
Sócio da associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, UVE: http://www.uve.pt

JLMF
Mensagens: 86
Registado: 28 set 2020, 17:45
Data de fabrico: 01 jan 2011
Capacidade bateria: Lisboa

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por JLMF » 18 dez 2021, 16:52

mjr Escreveu:
18 dez 2021, 09:20
…mas uma diferença que cria uma assimetria entre a rede pública e as redes privadas. Claro que o caminho será obrigar as redes privadas a pagar a TAR MT da ME…
Quando pensamos que já vivemos o suficiente para não nos deixarmos surpreender por nada... existirá sempre algo que nos surpreende.

Com tanta defesa do Estado e proporcional ataque ao privado compreendo que a UVE tenha finalmente sido declarada de interesse público para os próximos 10 anos, de facto com este tipo de atitudes e mentalidades verificamos o interesse... .

Onde está o interesse do utilizador da mobilidade eléctrica e do próprio desenvolvimento da mobilidade eléctrica? O que se vê é a defesa da sobrecarga fiscal, a defesa das taxas taxinhas e impostos, a defesa do custo enorme de carradas de gente desnecessária, ineficaz e parasita que está preocupada em anular a iniciativa privada para melhor garantir o seu modo de vida com prejuízo da mobilidade eléctrica e dos seus utilizadores.
RJSC Escreveu:
18 dez 2021, 12:32
mjr Escreveu:
18 dez 2021, 09:20
Claro que o caminho será obrigar as redes privadas a pagar a TAR MT da ME…
Mas como podem obrigar por exemplo, no caso do continente a que não possam ligar os carregadores no ponto de consumo do hipermercado ou outra qualquer instalação que não seja exclusiva para carregamento de VE?
Qualquer dia chegam ao ponto de tornar ilegal carregar um veículo a partir da instalação elétrica de casa.
Creio que com esta mentalidade se pudessem já o teriam feito. O Estado não dá conta do que lhe compete e quando se mete onde não deve a ideologia é sempre a mesma, nivelar por baixo a qualidade e por cima o preço, ou seja se o privado faz melhor e mais barato os funcionários com ao apoio do politico e do legislador anulam a iniciativa e a concorrência, e parece que também com o apoio de alguns utilizadores de veículos eléctricos,UVEs.

FullElectric
Mensagens: 1147
Registado: 29 jan 2014, 19:39
Data de fabrico: 01 abr 2011
Capacidade bateria: 49,5 Ah

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por FullElectric » 18 dez 2021, 22:55

mjr Escreveu:
18 dez 2021, 09:20
…mas uma diferença que cria uma assimetria entre a rede pública e as redes privadas. Claro que o caminho será obrigar as redes privadas a pagar a TAR MT da ME…
Ainda bem que existe a UVE a lutar pelos interesses dos utilizadores de veículos elétricos :o

Avatar do Utilizador
mjr
Administrador do site
Mensagens: 9758
Registado: 04 jan 2011, 15:55
Data de fabrico: 30 mai 2018
Capacidade bateria: 114.8 Ah 12 barras
Localização: Porto

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por mjr » 19 dez 2021, 09:08

Eu (e a UVE) sempre defendemos a equiparação das TAR de MT.

O que eu escrevi é que provavelmente a intenção da tutela/reguladores é que todos passem a pagar a TAR da ME, dentro ou fora da rede. Daí a considerar que a UVE apoia isso, sendo um mero cenário hipotético só mostra a facilidade com que se fazem ataques gratuitos à UVE.

Na verdade, na génese da TAR para a ME está a questão de esta ter a potência diluída no custo da energia, ao contrário da outra TAR onde se paga a potência à parte. Numa rede híbrida não faz sentido que a parte fora da rede da ME pague a TAR da ME pois a potência dessa parte é paga à parte.

Espero ter sido claro!
Nissan Leaf 40 Tekna preto, entregue em 30 de maio de 2018. 40000km em 2022-03-06
Nissan LEAF mk1 Preto, entregue em 7 de julho de 2011. 171000 km em 2022-03-06.
Tesla Model 3 LR preto entregue em 2019-03-06. 73000km em 2022-03-06.
Sócio da associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, UVE: http://www.uve.pt

Avatar do Utilizador
alexmol
Proprietário Tesla
Mensagens: 2330
Registado: 29 jan 2015, 22:10
Data de fabrico: 07 set 2019
Capacidade bateria: SR+ ~49kWh
Localização: Tavira
Contacto:

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por alexmol » 19 dez 2021, 10:09

Já foi mencionada por diversas vezes a "rede híbrida" mas não percebo bem se há base legal sólida para tal cenário ou se estamos a falar do tal buraco da lei que não obriga à ligação exclusiva à rede pública.

Há de facto alguma rede híbrida em funcionamento agora ou estamos a falar de um cenário hipotético?
mjr Escreveu:
19 dez 2021, 09:08
Na verdade, na génese da TAR para a ME está a questão de esta ter a potência diluída no custo da energia, ao contrário da outra TAR onde se paga a potência à parte.
Então mas num posto de carregamento não se paga a potência contratada mensalmente? (eu ando nisto há algum tempo e não sabia)
Então quem constrói o posto só não pede potências absurdamente altas devido ao preço do ramal e eventual PT?

E não há componente de potência de pico tomada em hora de ponta? Ou os CEME pagam essa parte e diluem no preço de venda?
E no caso da MT os CEME pagam vazio-ponta-cheia mas cobram bi horário? ou não há tri horário na ME?

É que por todo o mundo, com o crescimento das redes de carregamento assiste-se à preocupação crescente com os custos da potência de pico, levando a ponderar a viabilidade económica do uso de baterias como suavizador de picos.
Inclusivé nalguns mercados residenciais regulados já foi anunciado que irá surgir uma componente de potência de pico.

Qual o mecanismo na ME em Portugal que fomenta reduzir a potência de pico tomada? Não acredito que a lei tenha sido feita a pensar que isto dos carros eléctricos não vai ter impacto na rede.
Alexandre Moleiro

2019 Tesla Model 3 SR+
🧙🏻‍♂️Gandalf the White
Imagem
Imagem


2018 Kia Soul EV 30kWh
🌈ZX Spectrum
Imagem
Imagem

Avatar do Utilizador
BrunoAlves
Proprietário Ioniq EV
Mensagens: 6102
Registado: 30 abr 2016, 12:39
Data de fabrico: 16 jun 2014
Capacidade bateria: 57Ah
Localização: Mealhada

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por BrunoAlves » 19 dez 2021, 11:45

alexmol Escreveu:
19 dez 2021, 10:09
Então mas num posto de carregamento não se paga a potência contratada mensalmente? (eu ando nisto há algum tempo e não sabia)
Sim, acho que é assim que funciona. O OPC paga ramal, PT e afins onde existe. E paga a diferença de energia entre o que entra no posto e sai nos carregamentos (não faço ideia a quem nem a que tarifa).
Também é por isso que há tanto posto em BTE: o OPC não tem nenhuma vantagem em pagar tudo quanto custa uma instalação de média, sofre a rede de distribuição de baixa tensão.

Em relação ao custo total da energia, há uns meses coloquei aqui uma factura da "minha" empresa. Já com pontas, reactiva, IVA, tudo e mais um par de botas, 12,5cts/kWh foi o preço final. Está aí num tópico algures. Por isso é que parece óbvio que o continente ganha bom dinheiro a vender a 20+cts/kWh. Arranja lá disso no modelo.
Edit: está aqui
viewtopic.php?f=29&t=7848&p=139168#p139168
Aliás no modelo é muito mais desenvolvido? Qual preocupação com pontas? Pagas à hora :roll:
alexmol Escreveu:
19 dez 2021, 10:09
Já foi mencionada por diversas vezes a "rede híbrida" mas não percebo bem se há base legal sólida para tal cenário ou se estamos a falar do tal buraco da lei que não obriga à ligação exclusiva à rede pública.
Para mim continua a ser whishful thinking. Ouvimos várias vezes os players (CEME, vá) a falar em condições iguais para todos, estou mesmo a ver isso a "passar"...
Edit2: enquanto procurava a "minha" factura apanhei umas discussões antigas em que o Rafael dizia claramente que a questão das redes privadas não é só a interpretação à rede pública mas também a tal questão da venda directa de energia. Por isso...
Se forem conduzir, não bebam. Se forem beber, chamem-me!!! :D

Avatar do Utilizador
mjr
Administrador do site
Mensagens: 9758
Registado: 04 jan 2011, 15:55
Data de fabrico: 30 mai 2018
Capacidade bateria: 114.8 Ah 12 barras
Localização: Porto

Re: Preço da Eletricidade Mercado Iberico

Mensagem por mjr » 20 dez 2021, 00:34

A lógica é que a potência contratada pelo OPC só serve para os consumos em standby dos postos e outras cargas que tenham nessa instalação. Por exemplo num condomínio, se eu colocar um posto como DPC não é necessário aumentar a potência contratada da instalação, o limite é a potência do ramal neste caso. O mesmo acontece se o fizer na minha garagem e quiser pagar a eletricidade dos carregamentos com um CEME (ou a minha empresa o quiser fazer).
Nissan Leaf 40 Tekna preto, entregue em 30 de maio de 2018. 40000km em 2022-03-06
Nissan LEAF mk1 Preto, entregue em 7 de julho de 2011. 171000 km em 2022-03-06.
Tesla Model 3 LR preto entregue em 2019-03-06. 73000km em 2022-03-06.
Sócio da associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, UVE: http://www.uve.pt

Responder

Voltar para “Negócios / Economia e Política”